Como medida preventiva contra o coronavírus, diversos países estão instaurando o isolamento social. Com isso, é normal que aumente bastante o acesso à internet, o que levou a Netflix a diminuir a qualidade de sua transmissão na Europa pelo próximo mês.
Recentemente, o pedido de se ficar em casa para se proteger também chegou ao Brasil, e a plataforma de streaming anunciou na última segunda-feira (23) que seguirá o mesmo posicionamento da empresa no continente europeu.
O principal objetivo desta medida é evitar que a internet seja sobrecarregada durante o período em que as pessoas estejam em casa. Alguns estados brasileiros já sofreram com a queda de qualidade e a previsão da Netflix é a de que todos os usuários sejam atingidos em até dois dias. A intenção é reduzir em 25% o tráfego de internet.

Segundo comunicado enviado pela empresa ao jornal, o que acontecerá é a redução das taxas de bits utilizadas na transmissão. O vice-presidente de entrega de conteúdo da plataforma, Ken Florance, explicou que o assinante pode até sentir a queda na qualidade da resolução, mas ainda receberá o vídeo na opção que paga ao streaming.
A previsão de duração da medida no Brasil é também de 30 dias. Vale pontuar que a ação é apenas preventiva, para que a empresa continue o streaming de seu catálogo sem interrupções.

A indústria da cultura pop e do entretenimento tem sofrido com cancelamentos e adiamentos por conta do novo coronavírus.

Fonte: Jovem Nerd