Representantes das escolas de educação infantil da rede privada do município de Ijuí promoveram uma manifestação pacífica nesta manhã (05) em frente a Prefeitura.

O pedido dos educadores é para que nos próximos decretos municipais as escolas privadas de educação infantil sejam enquadradas como serviço essencial, possibilitando a abertura dos educandários independente da cor da bandeira definida pelo Estado.

Após a manifestação, o prefeito Valdir Heck recebeu três representantes das escolas, que entregaram ao Chefe do Executivo um documento com a solicitação.

Segundo Valdir Heck, a administração entende e acolhe o pedido: ?mas precisamos lembrar que trabalhamos numa época de pandemia, e isso atinge todos os segmentos. Atendemos aqui o chamado da população, e quando editamos um decreto com regras mais rígidas é porque os dados subiram demais e nossa capacidade de hospitalização está no limite máximo? enfatiza.

O Chefe do Executivo diz que sabe da intenção de cada um, e disse ao grupo que, enquanto prefeito, tem vontade de flexibilizar as normas e reabrir as escolas a partir da próxima terça-feira (10), porém, enfatizou mais uma vez que o município está enfrentando um quadro de óbitos em função da pandemia, e que a reabertura desses espaços vai depender do que o governo do Estado definir.

?Se Ijuí for enquadrado na bandeira vermelha no sistema de distanciamento controlado vai ser mais difícil essa flexibilização, precisamos aguardar as orientações e, se for possível, abriremos? conclui.

Fonte: Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/ Sabrina Bertollo