O prefeito Andrei Cossetin anunciou que a prefeitura envia, ainda nesta semana, um projeto de lei para alterar o critério de reajuste da taxa de coleta de lixo em Ijuí. Atualmente, o valor, que é cobrado junto com o IPTU, é balizado pelo IGPM, índice que no acumulado dos últimos 12 meses apresenta elevação superior a 23%. Pelo novo texto, o reajusta da taxa de lixo levaria em conta outros indicadores econômicos do País, o que conforme o prefeito de Ijuí faria com que a taxa tivesse reajuste bastante menor, em torno de 10%. ?Pedimos uma série de pareceres jurídicos, porque essa medida poderia ser enquadrada como renúncia de receita, algo que é vedado por lei e incorreria em sanções ao próprio prefeito. Mas estamos assumindo a responsabilidade e tendo a coragem de reduzir impostos, pois é algo com o qual nos comprometemos. Vamos enviar à Câmara essa primeira lei, e esperamos sensibilidade dos vereadores para que a população não seja penalizada?, disse o prefeito.

Andrei também revelou à que a prefeitura analisa os aspectos legais para reduzir a taxa cobrada nos cemitérios da cidade. Como alguns boletos já foram impressos, a tendência é que a redução só seja possível para o próximo ano.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/ Ricardo Bolson