O prefeito de Ijuí Andrei Cossetin viaja a Porto Alegre amanhã (08), acompanhado do assessor jurídico da prefeitura, Paulo Girardi, e do secretário de Agricultura e economista, Daniel Claudy da Silveira.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura ijuiense, existe um financiamento de R$ 12 milhões, feito pela gestão anterior, destinado para o asfaltamento e outras obras no interior do município, como por exemplo nos distritos de Floresta e Mauá.
No entanto, na época em que o governo realizou esse aporte financeiro não existia a pandemia da Covid-19, ou seja, o valor do Spread bancário era diferente. O Spread refere-se à diferença entre o preço de compra e venda de uma ação, título ou transação monetária.

A partir desse novo cenário, o secretário de Agricultura, que é também economista, depois de um minucioso estudo, concluiu que é possível que o Executivo faça uma renegociação do contrato, como a alteração de banco por exemplo, o que traria ao município uma economia de aproximadamente R$ 1 milhão, valor que poderia ser empregado na compra de maquinário, na saúde e na educação, por exemplo.

O objetivo da viagem à capital do estado é para, num primeiro momento, rediscutir, junto ao Badesul, os termos do contrato e as taxas e dessa forma possibilitar essa economia ao município. Caso não seja possível essa renegociação junto ao Badesul, aí sim a comitiva segue na busca da portabilidade dessa dívida à outra instituição financeira.

Fonte: Rádio Progresso de Iju / Sabrina Bertollo