A Unijuí recebeu na tarde desta sexta-feira, 29 de outubro, representantes da Secretaria Municipal de Educação (Smed) para discutir a aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica - SAME. A Universidade foi escolhida para executar, aplicar e compilar os dados da avaliação que traçará um raio-x da educação da rede municipal de Ijuí durante o período de pandemia: 2020 e 2021. O trabalho acontece por meio da Agência de Inovação Tecnológica (Agit) e Escritório de Relações Universidade-Comunidade.

Pela Unijuí, participaram da reunião a reitora, professora Cátia Maria Nehring; o vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González; e Graciele da Rosa Bertoldo, analista de projetos, responsável pelo Escritório de Relações Universidade-Comunidade. Pela Smed, participaram o secretário, Cláudio de Souza; o coordenador pedagógico, José Augusto Fiorin; e a assessora de Comunicação, Lisiane Feigel. 

Conforme explicou o secretário, Cláudio de Souza, a Resolução nº 6 do Conselho Nacional de Educação trouxe a orientação para que as redes municipal, estadual e federal de ensino realizassem avaliações diagnósticas para medir a aprendizagem nestes dois anos de pandemia. No mês de agosto, houve um movimento regional, entre os municípios que compõem o Conselho dos Secretários Municipais de Educação da Região da Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), e outras cidades. A partir daí, ficou definido que farão parte do Sistema de Avaliação, além de Ijuí, Coronel Barros, Nova Ramada e Bozano.

“Nós sabemos que ficaram lacunas na aprendizagem dos alunos neste dois anos, e precisamos pensar em estratégias para serem desenvolvidas em 2022. Por isso, buscamos a Unijuí para nos ajudar neste processo. A Universidade tem expertise, história e experiência na área da educação para não só planejar e aplicar a avaliação, mas também nos auxiliar no diagnóstico final”, explicou o secretário.

Mais de 3,6 mil alunos, do 2º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, realizarão a prova no dia 23 de novembro, nas áreas de Matemática e Língua Portuguesa. Para conhecer a realidade de cada escola, também serão aplicados questionários às direções e aos professores dos educandários. “Para nós, da Secretaria Municipal, será muito importante termos essas informações para a tomada de decisão em 2022”, completou Cláudio de Souza.

Durante a reunião, a reitora, professora Cátia Maria Nehring, agradeceu à equipe da Smed pela confiança depositada na Unijuí para organizar e aplicar esta avaliação em toda a rede de ensino. “Toda a educação ganha com este movimento, com este diagnóstico, e principalmente os professores, que terão subsídios para guiarem suas ações”, reforçou.