Nem mesmo o distanciamento físico imposto pelo longo período da pandemia da Covid-19 parece ter reduzido a solidariedade. Sentimento que se fortalece como uma verdadeira corrente do bem a partir de lacres retirados de latas de alumínio. Pequeno gesto que se transforma em equipamentos de acessibilidade em benefício de quem tanto precisa. Resultado que mais uma vez ganha forma na parceria entre a Unimed Noroeste/RS e o Lions Clube de Frederico Westphalen, viabilizando a entrega de cadeira de rodas para o Banco Ortopédico mantido pelo clube de serviço.

A doação está inserida no projeto Eu Ajudo na Lata, de iniciativa da Unimed do Brasil, apoiada na área de ação da cooperativa através de parcerias com entidades locais. Esta foi a segunda vez que o Lions Clube de Frederico Westphalen é beneficiado pela Unimed Noroeste/RS, sendo a anterior em outubro de 2019. O presidente Plínio Mantelli ressalta que os próprios companheiros do clube se mobilizaram na coleta dos lacres, que envolveu ainda familiares e pessoas próximas.

Já o casal responsável pelo Banco Ortopédico, Milton Konflanz e Neide Lazari, menciona o alcance da cedência de equipamentos de acessibilidade em toda a região de Frederico Westphalen. Atualmente disponibiliza 12 cadeiras de rodas, todas em uso, além de andadores, cadeiras de banho, pares de muletas, botas ortopédicas e coletes, entre outros acessórios. Em quatro anos e meio já foram atendidas 162 pessoas.

O coordenador regional da Unimed Noroeste/RS, médico Cláudio Borges Fortes, aponta o alcance social do projeto Eu Ajudo na Lata. “Somos uma cooperativa com foco no cuidado e na promoção da saúde. Mas temos a sustentabilidade como um valor associado à marca”, enfatiza. A entrega do equipamento foi acompanhada ainda pela coordenadora de Ações do Lions Clube, Clarice Bona Alves, e pelo assessor Corporativo e de Comunicação da Unimed, jornalista João Luís Bindé.