Em função da alta demanda pelos serviços, o Centro de Triagem de Ijuí ampliou a estrutura e agora também ocupa toda parte térrea do prédio da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na rua 19 de Outubro, desde a tarde de ontem.

 O Centro de Triagem já estava situado no mesmo imóvel, porém em espaço menor. O coordenador do CT, Francisco Korb, explica que havia 19 consultórios e agora são 27. Por turno atuam entre 6 e 8 médicos. Foi necessário deslocar médicos de ambulatórios para o Centro de Triagem, devido ao grande volume de pessoas que procuram o órgão com sintomas de covid ou problemas respiratórios. Também ocorreu aumento de enfermeiros, técnicos de enfermagem e recepcionistas. No térreo da secretaria da Saúde ijuiense havia o ambulatório que atendia moradores do centro da cidade e bairros próximos do centro.

A partir de agora, quem agendou consulta sobre outros problemas de saúde, que não seja covid, no posto de saúde central, deve comparecer no segundo piso da Secretaria da Saúde. A partir de agora, pessoas que eram abrangidas pelo ambulatório central de Ijuí e que necessitam de demais serviços, que não tenham agendado, podem se deslocar para qualquer outra Estratégia de Saúde da Família.

Houve mudanças também no local de realização dos testes para Covid. A partir de agora todos os testes para detecção pi descarte de Corinavírus, encaminhados pelo Centro de Triagem ou pela UPA – Unidade de Pronto Atendimento – são efetuados em um espaço exclusivo no prédio do Cerest , na rua Irmãos Gressler, nº 144, ao lado da Corsan. O trabalho no Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador Ijuiense ocorre todos os dias da semana, inclusive aos finais de semana, das 8h às 12h pela manhã e das 13h30 às 17h30. O objetivo é reduzir a aglomeração de pessoas no centro de triagem e evitar maiores filas, além de diminuir a sobrecarga de serviços pra funcionários.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí / Jonas Vieira