Nesta semana, o Hospital Bom Pastor iniciou as cirurgias refrativas, inaugurando o Excimer Laser, na clínica de oftalmologia. Este tipo de procedimento serve para reduzir ou eliminar o uso de óculos e lentes de contato por problemas como miopia, hipermetropia e astigmatismo. O Bom Pastor é uma instituição já reconhecida e referência para Ijuí e região na área oftalmológica, e conforme explica o oftalmologista e Especialista em Córnea, Catarata e Refrativa, Dr. Heron Correia, este novo equipamento chega para fortalecer os serviços do hospital. “Estamos muito bem equipados com o que tem de melhor em tecnologia para atender a comunidade, e agora o Excimer vem para coroar a tecnologia que já está avançada. Faremos um grande volume de cirurgias com um aparelho inovador e nós estamos muito felizes com a chegada deste equipamento”.


O presidente Martinho Kelm, ressalta que quando o Bom Pastor tomou a decisão de ingressar na área de oftalmologia, havia uma forte convicção que o projeto era tornar o hospital o principal centro oftalmológico do interior do Estado. Neste sentido, foram convidados profissionais e investido em estruturas tecnológicas que respaldassem este projeto. “A atuação na realização de cirurgias refrativas que iniciamos esta semana é mais um desafio transposto e, sem dúvida alguma, coloca não somente o Hospital Bom Pastor, mas o município de Ijuí no circuito estadual e nacional de referência em soluções de saúde, especificamente em patologias vinculadas a oftalmologia. A ideia que muitas novas soluções sejam paulatinamente agregadas e colocadas à disposição da comunidade”. 


Por se tratar de um procedimento muito rápido, dezenas de cirurgias poderão ser feitas por dia e a população local e regional contará com um aparelho de ponta. Ainda segundo Heron, o aparelho é um dos mais modernos do mundo para cirurgias refrativas. “É um procedimento muito seguro e rápido. Para se ter uma ideia, a média de tempo de duração de uma cirurgia é de apenas 16 segundos de laser”. 
 Quem tiver interesse em realizar o procedimento pode entrar em contato com o hospital e agendar uma consulta. “Nós atendemos os pacientes e discutimos cada caso, e cada um tem a sua particularidade. Então na primeira consulta se faz uma avaliação para entender com muita calma se o paciente pode ou não utilizar esse equipamento, mas a grande maioria pode sim fazer a cirurgia”.


Os médicos responsáveis pelo procedimento serão a Dra. Patricia Mesquini, Dr. Heron Correia e o Dr. Clévio Tosetto. A Dra. Patrícia Mesquini afirma que como o procedimento não adentra o olho, os riscos sobre os procedimentos são muito baixos. “O paciente será avaliado e se tiver indicação de cirurgia os riscos são praticamente nulos. A gente também segue acompanhando no pós operatório, e a maioria dos pacientes tem seu problema totalmente solucionado. 


O Corretor de Seguros, Miguel Bariquello, foi um dos primeiros pacientes a realizar o procedimento no hospital Bom Pastor. “Na verdade, eu até fiquei surpreso porque fui consultar em um dia e a Dra. Patricia disse que eu poderia fazer a cirurgia no dia seguinte. Achei super rápido a cirurgia e a equipe é muito atenciosa e super humanizada. Estão de parabéns! A estrutura do hospital, todo mundo integrado, achei bem bacana o atendimento e a relação com o paciente. Tenho certeza que tem um longo caminho de prosperidade pela frente para o hospital e a gente como membro da comunidade também sempre fica torcendo pelo melhor”.