Em continuidade à parceria com o Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisa), o Laboratório de Análises Clínicas - Unilab da Unijuí irá realizar o teste molecular para detecção da Dengue, Zika e Chikungunya, através do método RTqPCR qualitativo, que possui 100% de especificidade para os patógenos causadores das doenças.

Conforme explica o coordenador técnico do Unilab, professor doutor Matias Nunes Frizzo, os ZDCs (Zika, Dengue e Chikungunya) são vírus de RNA do gênero Flavivírus, transmitido pelo mosquito da espécie Aedes aegypti, causadores das arboviroses que acometem a população brasileira em um nível preocupante, a exemplo da nossa região.

No caso da doença causada pelo vírus Zika, muitas vezes assintomática ou com sintomas parecidos com os da gripe, trata-se de um causador de síndromes neurológicas e de casos de microcefalias potencialmente relacionadas ao patógeno. A infecção pela Dengue pode ser assintomática, ou pode resultar em diversos sintomas clínicos após um período de incubação de 2 a 7 dias, que vai desde uma síndrome gripal leve até as formas mais graves da doença, conhecida como dengue hemorrágica. Já na infecção por Chikungunya, o período de incubação varia de 3 a 12 dias e sua principal manifestação clínica é uma forte dor nas articulações.

“Devido à dificuldade em diferenciar essas doenças por meio de avaliação clínica e métodos tradicionais de laboratório, o diagnóstico molecular se faz importante e decisivo no enfrentamento a estas doenças, tanto pela qualidade do teste molecular quanto pela agilidade na emissão do resultado, em até 24 horas”, explica o professor, lembrando que o exame ofertado avalia de forma qualitativa a presença dos três vírus em um único teste, contribuindo para a escolha de um tratamento adequado, além de ser importante nos estudos epidemiológicos para analisar a distribuição da infecção dentro das populações da região.

“Ainda dentro dos benefícios do teste molecular, ele é rápido, sensível, preciso e altamente específico. O teste pode ser realizado em pacientes assintomáticos ou a partir do primeiro dia de sintomas”, reforça Matias, lembrando que o teste é feito a partir da coleta de amostra de sangue.

Interessados podem entrar em contato com o Unilab, pelo telefone 3332-0554 ou pelo e-mail unilab@unijui.edu.br. O custo é de R$ 150.