A Cotrirosa realizou na quinta-feira, dia 29, o primeiro evento promovido exclusivamente para o público jovem. O Conecta Jovem foi realizado em duas modalidades, presencial para aqueles que possuíam algum vínculo com a Cotrirosa e online, aberto ao público em geral. As atrações da tarde estiveram voltadas à temática "O protagonismo jovem no cooperativismo e no agronegócio".

A palestrante principal foi Camila Telles, defensora do agro brasileiro e eleita pela Forbes como uma das 100 mulheres mais poderosas do agro. "Um dos nossos maiores desafios é sair do interior, se capacitar e voltar. Porque o interior e o desenvolvimento dependem da nossa união, dependem da nossa capacitação e do quanto a gente quer fazer a diferença na nossa região e na nossa cidade. Por isso é tão importante o senso cooperativista, a ideia de que precisamos trabalhar juntos para desenvolver o nosso setor cada vez mais", destaca Camila.

Geomar Corassa, gerente de pesquisa da CCGL, também realizou uma abordagem com os participantes, voltada à agricultura digital. O Conecta Jovem também contou com um painel com a apresentação de cases locais, Marjori Ghellar (Tuparendi), Maurício Liberali (Porto Mauá), Carolina Finger (Santo Cristo) e Guilherme Vier (Cândido Godói) falaram sobre a continuidade nas propriedades de suas famílias, pontos relacionados à gestão e questões voltadas a decisão de permanência no interior.

Durante o evento também foi apresentada uma novidade, em primeira mão, aos participantes. A Cotrirosa agora conta com um Núcleo de jovens, destinado a associados, ou jovens que possuem algum parentesco ou vínculo com associados (cônjuge, filho, neto, genro ou nora), com idade entre 14 e 35 anos. Entre os objetivos da iniciativa, está o fortalecimento da participação dos jovens, especialmente em ações que despertem o interesse nos jovens e que engajem às necessidades da continuidade e permanência no campo.

Fonte: Cotrirosa Imprensa