O Cremers promoveu, nesta segunda-feira (21), a primeira edição do projeto Fronteiras da Medicina. A estreia contou com a participação do médico neurologista Jaderson Costa da Costa, que palestrou sobre “Cérebro, Espiritualidade e Saúde Mental”.

O presidente do Conselho, Carlos Sparta, realizou a abertura do evento. “A atualização é muito importante. Por isso, o Cremers tem apostado na educação médica continuada, oferecendo uma série de cursos e palestras para a classe médica”, destacou.

Na sequência, o primeiro-secretário André Cecchini explicou o objetivo da nova iniciativa, que é abordar temas para além da prática médica. “Chega um momento que não queremos só a técnica, queremos ir além”, afirmou.

Dr. Jaderson, que também é neurocientista, professor da Escola de Medicina da PUCRS e presidente do Instituto do Cérebro do RS (InsCer), iniciou sua fala explicando as diferenças entre espiritualidade e religiosidade. “A espiritualidade deixa marcas no cérebro, e isso é comprovado cientificamente”, enfatizou. 

O palestrante mostrou exames de imagem que revelam os efeitos positivos de práticas como meditação e oração no cérebro: “Estudos apontam a importância da espiritualidade para tratar a depressão, reduzir as taxas de suicídio e prevenir transtornos mentais, além de contribuir para o bem-estar”, frisou.

Segundo o especialista, é importante que os médicos abordem o assunto durante as consultas médicas. “Antigamente, havia um certo constrangimento em tratar sobre espiritualidade com os pacientes. Hoje, não. Se trata com muito mais naturalidade. Tanto é que até há uma disciplina, no curso de medicina da PUCRS, sobre espiritualidade na prática médica”, afirmou.

Ao final do evento, foi aberto espaço para perguntas e respostas. A palestra ocorreu em formato híbrido (presencial, no auditório do Cremers, e virtual) e foi oferecida de forma gratuita a médicos e seus familiares. Ao todo, foram 556 inscritos.

A segunda edição do Fronteiras da Medicina irá ocorrer no mês de dezembro. A data e a programação serão divulgadas em breve.

Fonte: cremers