O publicitário Ricardo Xavier, criador do projeto


Ser elo entre doadores de sangue voluntários e pessoas que precisam de doação é o principal objetivo do Banco de Sangue Virtual. A plataforma digital criada pelo publicitário gaúcho Ricardo Guilherme Xavier Nunes, em 2017, permite que os doadores preencham um cadastro online, pelo celular ou computador. Identificando o tipo sanguíneo do voluntário, os dados são cruzados com a demanda de pacientes e hemocentros que precisam da doação. Eletronicamente, através de e-mail ou do WhatsApp, esse doador é avisado sempre que alguém próximo precisa de sangue, apontando o endereço do hospital e o nome de quem necessita.

“Eu sou doador de sangue há mais de 30 anos e eu via – continuo vendo – como é o desespero das pessoas em busca de doadores”, aponta Ricardo, idealizador do projeto. “Então, para ser uma bengala dessas pessoas, de pais, mães, filhas e filhos nessa situação, criei essa plataforma que tem ajudado a salvar muitas vidas pelo Rio Grande do Sul”, comenta.

Quando o projeto foi iniciado, há cinco anos, eram 62 os doadores cadastrados. Atualmente, a plataforma chega a quase 12 mil gaúchos inscritos e centenas de conexões positivas. A meta, porém, é de atingir a marca de 249 mil cadastrados no Banco de Sangue Virtual; número capaz de atender, no Rio Grande do Sul, o percentual de doadores de sangue definido como o ideal pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “De acordo com a OMS, seria preciso que, no mínimo, 3% da população doasse sangue. Então, para definir a nossa meta, eu busquei o número de eleitores do Estado, que são da mesma faixa etária da população que doa sangue, entre 16 e 70 anos de idade, e cheguei aos 249 mil”, explica Ricardo.

Para atingir esse número, o responsável pelo Banco de Sangue Virtual tem viajado o Estado para divulgar a iniciativa e sensibilizar a população sobre a importância da doação de sangue. Para isso, ele também tem contado com o apoio de diversas empresas e entidades, como Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac. Interessados em serem doadores voluntários podem efetuar o cadastro, sem custos, no site www.bancodesanguevirtual.com.br. Basta informar nome completo, e-mail, WhatsApp, cidade onde vive, sexo e tipo sanguíneo para ser avisado quando alguém próximo precisar de doação.

Fonte: SESC- RS