A inclusão faz parte da realidade da Unimed Noroeste/RS. A ética, o respeito, a valorização e o desenvolvimento são referenciais valorizados pela cooperativa e direcionados aos seus diferentes públicos. Tais aspectos foram mais uma vez destaque durante palestra nesta quarta-feira, 12, direcionada a usuários do Centro de Atendimento Integral ao Surdo (Cais), de Ijuí, com tema referente ao uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e noções de segurança no trabalho. A atividade, ministrada pelo técnico em Segurança do Trabalho Giomar Feltraco, que atua no Departamento de Medicina e Saúde Ocupacional, foi interpretada por Cristiane Barbosa, através da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Giomar Feltraco apresentou equipamento como calçados, óculos, protetores auriculares e respiratórios, cinto de segurança, entre outros. Os EPIs, protegem de riscos que podem ameaçar a segurança e a saúde do trabalhador. “Nunca sabemos quando vai acontecer um acidente de trabalho. Por isso, é preciso primeiro se proteger para depois iniciar uma atividade”, reforçou. Os participantes demonstraram interesse sobre o assunto e interagiram relatando experiências vividas ou fatos que ocorreram com pessoas conhecidas. A utilização destes dispositivos, segundo o técnico, reforça “a proteção da própria vida e também demonstra o amor aos que rodeiam cada pessoa”, pensando nas consequências sentidas pelos familiares do trabalhador que sempre o esperam íntegro em seu retorno do trabalho. A negligência pelo não uso do EPI pode ser fatal.

O treinamento esteve direcionado aos colaboradores da instituição, entre os quais um deficiente auditivo. Tendo em vista a interpretação, a diretora do Cais, assistente social Silvia Cristina Padilha da Costa, destacou o interesse em direcionar a palestra aos demais usuários que frequentam a instituição, uma vez que estes são encaminhados ao mercado de trabalho.

Ao Cais, a Unimed Noroeste/RS presta consultoria através do Departamento de Medicina e Saúde Ocupacional. Elabora programas e laudos como o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), o Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho (LTCAT) e o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). O Departamento também realiza os exames necessários para os riscos encontrados no ambiente de trabalho, presta orientações quanto a segurança, legislação trabalhista e previdenciária, além de ministrar treinamentos. A palestra desta semana cumpriu exigências da Norma Regulamentadora 6 – NR 6, que dispõe sobre a utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

Segundo Silvia da Costa, o Cais é uma instituição filantrópica que atende usuários de Ijuí e região, contribuindo para que os surdos possam interagir melhor a partir da comunicação e fazendo o resgate da identidade familiar e cultural, "visando a inclusão social e participativa”. O Centro também presta atendimento às famílias do deficientes auditivos.

Fonte: UNIMED