A questão burocrática impede maiores encaminhamentos para instalação do Centro de Bem Estar Animal de Ijuí, a ser implantado no imóvel onde funcionava a unidade da Fepagro, imediações do parque Wanderley Burmann. Segundo a secretária municipal de Meio Ambiente, Andressa Gressler Stum, a prefeitura aguarda que o Estado repasse os documentos, pois a cadência do prédio já foi confirmada.


O local vai receber algumas reformas, por exemplo, no piso, além de abertura de parede. Alguns equipamentos já foram adquiridos, mas ainda é necessário investir cerca de 30 mil reais em mais equipamentos. O objetivo é implantar um centro de controle de zoonoses, com castração e tratamento de cães e gatos, mas não fazer abrigamento.

Fonte: Radio Progresso