A saúde do coração, bem como sintomas, diagnóstico e tratamento de
doenças cardiovasculares, foram as temáticas abordadas no encontro desta
quarta-feira, 29, do Grupo de Diabéticos da Unimed Noroeste/RS. A atividade
contou com a orientação do médico cardiologista Marcos Boff, que também
presta apoio aos pacientes do setor de Medicina Preventiva da cooperativa
médica.
“As doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC, estão entre as
que mais matam. E para ter um bom controle da patologia, é importante
conhecê-la”, destacou o médico, complementando que depois dos 50 ou 60
anos mais da metade da população possui hipertensão, uma doença crônica
que não tem “cura”, mas que é controlável. Entre os assuntos, o cardiologista
também abordou sobre a angina, dor no peito ocasionada por problemas
cardiovasculares. Para não desenvolver estes tipos de doenças, a dica do
médico é clara: prevenir. “O melhor tratamento acaba sendo a prevenção, ou
seja, tentar evitar que os fatores de risco se desenvolvam. Para isso, é preciso
realizar atividades físicas, manter uma dieta saudável, não fumar, além de
controlar a glicose e o colesterol”, afirma Boff.
As atividades em grupo envolvem os pacientes atendidos pelo setor de
Medicina Preventiva da Unimed Noroeste/RS, através do Programa de Atenção
Integral à Saúde na linha de cuidado de Gerenciamento de Doenças Crônicas.
No mês de outubro, considerado o “Mês do Idoso” em decorrência do Dia do
Idoso (1º de outubro), estão previstas programações externas com a
participação dos pacientes que fazem parte dos grupos operativos da área na
cooperativa. Haverá participação nas atividades do Mês do Idoso Sesc e
passeio à Expoijuí/Fenadi.

Fonte: UNIMED