A solidariedade é o sentimento que mais está presente nas pessoas nesta época do ano. Mas também foi o que motivou, ao longo do ano, a comunidade escolar do Colégio Evangélico Panambi (CEP) na coleta de lacres, que agora se traduzem em equipamento de acessibilidade. A entrega da cadeira de rodas para entidade de Panambi, através do projeto Eu Ajudo na Lata, fechou mais um ano de parceria entre a Unimed Noroeste/RS e a escola.

Alunos, pais, professores, familiares e amigos foram estimulados a coletar lacres de “latinhas”, levando-os para o CEP. O resultado foi de dezenas de garrafas com lacres armazenadas desde o início do ano, que comprovam o quanto a população pode se mobilizar para ajudar entidades da comunidade. Nesta edição o equipamento repassado pela Unimed Noroeste/RS beneficiou a Liga Feminina de Combate ao Câncer. Para Elisabeth Gersos, professora conselheira e incentivadora da ação, um pequeno lacre torna-se um símbolo grande quando comparado as coisas que acontecem no dia a dia das pessoas.

O diretor de Desenvolvimento Humano e Sustentabilidade, médico Volnei Malheiros, salienta que é possível sentir o empenho dos alunos na campanha através das filhas que estudam na instituição. “É uma maneira de incentivar a solidariedade”. Reforçou que trata-se de um pequeno, mas relevante gesto, que pode fazer alguém feliz. “É um projeto de significado muito grandioso”, complementou.

“Esse gesto realmente é um ato de amor”, resumiu a vice presidente da Liga de Combate ao Câncer, Jurema Schmidt, destacando que a solidariedade é de soma importância e tem valor significativo. Esta cadeira, segundo ela, vai facilitar a vida de muitas pessoas. A entrega dos equipamentos foi realizada durante programação de encerramento do ano letivo no CEP, envolvendo a comunidade escolar e representação do Grêmio Estudantil. Pela Liga estiveram presente ainda Nelma Tünermann e Marli Melchiors.

Desenvolvida pela Unimed do Brasil desde 2012, a campanha Eu Ajudo na Lata busca sensibiliza as cooperativas do Sistema para um ato de solidariedade, fortalecendo ainda o vínculo com a comunidade. A proposta consiste na arrecadação de lacres de latas de alumínio, sendo o valor arrecadado com a venda destinado a doação de cadeiras de rodas ou mesmo outros equipamentos que proporcionem maior acessibilidade. A Unimed Noroeste/RS conta ainda com parceiros para a ação de Ijuí e Frederico Westphalen.

Fonte: UNIMED