Esta quarta-feira (31) é um dia especial para quem curte astronomia: três eventos lunares serão registrados simultaneamente.  Haverá Superlua, Lua Azul e Lua de Sangue – já vista na Ásia. Mas antes que todos se animem achando que irão ver uma lua gigante avermelhada ou azulada é importante esclarecer o que significa cada fenômeno e onde ocorrem. 


Lua de Sangue: é o efeito avermelhado provocado pelo eclipse lunar. Ela não será vista do Brasil e as melhores regiões para observação desse eclipse são a Ásia e América do Norte.
Superlua: essa sim, poderá ser vista no Brasil e ocorre quando o satélite está mais próximo da Terra, tendo a aparência maior.
Lua Azul: é quando a lua cheia acontece duas vezes no mesmo mês (em janeiro, no dia 1º e no dia 31).  A cor não muda, é só uma nomenclatura diferente, já que é raro acontecer.



Resumindo: nos lugares onde o eclipse é visto, o fenômeno poderá ser chamado de Superlua Azul de Sangue, a junção dos três eventos. Aqui no Brasil, teremos a Superlua Azul. 

Fonte: Zero Hora