O Hospital de Caridade de Ijuí(HCI) através da diretoria voluntária, formada por representantes da comunidade, em conjunto com o comitê de gestores da instituição, decidiram criar uma área específica para a captação de recursos.  A ideia é valorizar e ampliar doações por meio de parcerias como a realizada com êxito com a rede de farmácias  Panvel,  através do "troco amigo" que em dois anos, arrecadou 42 mil reais, que foram investidos em reformas de leitos do SUS.   "Para nós que lidamos diariamente com a falta de recursos,  os projetos de captação de recursos vão ser uma luz no fim do túnel e abre novas perspectivas", avalia o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins.

Diante da criação do setor de captação de recursos, o HCI começa a buscar experiências bem sucedidas de instituições hospitalares que já implantaram esse sistema. Nesta semana, o vice-presidente Cícero Tremea dos Santos e o supervisor de projetos  Genésio Gomes, realizaram visita ao setor de captação de recursos do Hospital Ana Nery em Santa Cruz do Sul.  Foram recepcionados pelo Eduardo Marques que coordena o serviço e puderam compartilharam informações e experiências sobre este ramo de atuação dentro do ambiente hospitalar. 

Ao final, os visitantes participaram de uma visita às instalações físicas do Ana Nery, conhecendo a estrutura do hospital, inclusive recebendo informações sobre o sistema de produção de energia fotovoltaica,  uma referência para os demais hospitais como forma de produzir energia sustentável.

Outro ponto destacado pelos representantes do HCI,  é que os hospitais aprenderam a pedir de forma profissional e estão animados com a receptividade da comunidade. Os projetos de captação de recursos deixaram de ser "tubos de ensaio" para  efetivamente ser mais uma fonte de arrecadação.  “Eu vi que os hospitais como o nosso, estão preocupados em melhorar a performance. Antes uma arrecadação era o que vinha, agora olham como um processo de melhoria contínua”, avaliou o vice-presidente do HCI Cícero Tremea dos Santos.

Fonte: HCI