A prática de atividades físicas é um fator importante para a qualidade
de vida das pessoas de todas as faixas etárias. E conforme o tempo vai
passando se torna ainda mais necessário. O exercício ajuda na manutenção da
saúde, da flexibilidade e da longevidade, bem como atua na redução de dor e
sintomas de doenças físicas. No encontro desta quarta-feira, 2, do Grupo
Operativo de Qualidade de Vida, da Unimed Noroeste/RS os pacientes tiveram
a oportunidade de realizar atividades diferentes.
Orientados pelo fisioterapeuta Marcos Andrei Silva, o grupo foi
incentivado a fazer o seu próprio suporte para realizar os exercícios em casa,
sendo estes de custo barato e fáceis de serem feitos. “Ao longo dos anos a
gente vai se acomodando e achando que não precisa se exercitar, porém é o
contrário. É preciso estar em movimento. Além dessa atividade estimular o
convívio em grupo, também ativa a memória e concentração e fortalece o
corpo”, afirma o profissional.
Para a integrante do Grupo Operativo de Qualidade de Vida, da Unimed
Noroeste/RS, Odete Van Der Sand, esta foi uma atividade bem diferente e que
nunca tinha sido feita. “Valeu muito a pena, gostei demais! Eu fazia
academia, mas por motivos pessoais tive que parar. E para mim que sou
diabética a atividade física é ainda mais importante, por isso sempre que
conseguir quero realizar esses exercícios aprendidos hoje em casa”, relata
Odete.

Fonte: UNIMED