A conscientização sobre a segurança no trabalho, o alerta e o empenho
na redução dos riscos no ambiente organizacional são aspectos valorizados
pela Unimed Noroeste/RS. Ações desenvolvidas durante todo o ano visam
assegurar a saúde de seus funcionários. Em mais uma Semana Interna de
Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), a cooperativa está
proporcionando atividades educacionais e de alerta direcionadas a toda
equipe. Nesta terça-feira, 26, e quarta-feira, 27, palestras reforçaram este
cuidado.
Segurança no trabalho é dever de todos - Através do tema “Segurança
no Trabalho em Instituições de Saúde: Quem é o Responsável?”, a engenheira
elétrica Caroline Daiane Raduns, destacou atitudes prudentes que devem ser
cultivadas, transformando-se assim em hábitos que serão praticados no dia a
dia, seja no trabalho, em casa, na escola ou em qualquer lugar. “O principal
fator de segurança somos nós”, afirmou, alertando que de nada adianta a
empresa fornecer equipamentos de proteção, ter documentos e processos que
estabelecem a forma segura de trabalho, se o trabalhador não tiver
engajamento e cuidado a si próprio.
Caroline alertou que atualmente no Brasil a cada 4,5 horas morre uma
pessoa vítima de acidente de trabalho. Dados divulgados em 2013, revelam
que cerca de 5 milhões de pessoas sofrem anualmente acidentes classificados
nesta categoria. Mestre em Engenharia, a palestrante é especialista em
Engenharia e Segurança do Trabalho e em Engenharia Contra Incêndio e
Pânico em Edificações e Área de Risco. Possui também especialização em
Engenharia de Avaliações e Perícias.
Cuidados do profissional evita lesões – O compromisso da atenção com
o próprio corpo foi também reforçado pela fisioterapeuta ergonomista Márcia
Casagrande Thomé da Cruz. Durante a abordagem “Cuidados Ergonômicos no
Trabalho”, a expressão “nós” foi continuamente lembrada, reforçando que os

cuidados no ambiente de trabalho também dependem de cada profissional. “A
manutenção da postura é importante para evitar dores musculares. Mas é uma
mudança que cabe a cada um de nós”, garantiu a palestrante.
Segundo Márcia, pesquisas apontam que as maiores queixas dos
trabalhadores da área da saúde são de dores e lesões nas costas. Porém, a
atenção aos detalhes no trabalho, contribuem na redução dos problemas e
sintomas. É preciso “usar a boa postura para ter um ambiente saudável”,
assegurou a profissional é também professora dos Cursos de Fisioterapia e de
Estética e Cosmética (tecnólogo) da Unijuí. Márcia é especialista em
Insuficiência Respiratória e Cardiovascular em UTI: Monitoramento e
Tratamento.
A Sipat – A Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho da
Unimed segue com atividades até esta quinta-feira, 28. O evento é mais uma
ação que visa conscientizar os funcionários para a prevenção de acidentes e
estimular a adoção de hábitos que promovam a saúde e a segurança no
ambiente de trabalho.

Fonte: UNIMED