Entre os dias 10 e 13 de julho aconteceu o 5º Congresso Internacional em Saúde, que desenvolveu a temática Atividade Física e Saúde. O evento ocorreu na Universidade do Minho, na cidade de Braga, em Portugal. O evento tradicionalmente é realizado na Unijuí, a cada dois anos, sendo que, na última edição, foi estabelecida uma parceria com a Universidade do Minho, encaminhando esta quinta edição para Portugal. A Professora Doutora Graça Simoes de Carvalho, da Universidade do Minho, foi a coordenadora desta edição. As professoras da Unijuí, Eliane Roseli Winkelmann, Eva Teresinha de Oliveira Boff e Maria Cristina Pansera de Araújo, participaram do Comitê Internacional de organização e estiverem presentes no evento. 

A professora doutora Eliane Roseli Winkelmann também participou da mesa de abertura e, nesta oportunidade,  enfatizou a importância desta parceria entre as Universidades para a qualificação da pesquisa, relacionamento internacional nas diferentes dimensões e oportunidade para os participantes realizarem a troca de experiências e estabelecerem contatos que possam fortalecer e qualificar a internacionalização em seus projetos de pesquisa, extensão e também do ensino. Também realizou a divulgação do próximo evento, o 6º Congresso Internacional em Saúde, que ocorrerá em Ijuí, no Campus da Unijuí, de 14 a 17 de maio de 2019, com a temática Vigilância em Saúde: Ações de Promoção, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento.

A professora fez ainda a apresentação de tema livre, mostrando resultados de pesquisas realizadas pelo Grupo de Pesquisa em Atenção à Saúde (GPAS), da Unijuí, no Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Atenção Integral à Saúde, e realizou uma das conferências do evento, denominada "Da Prevenção a Reabilitação: Evidências do Exercício Físico na Cardiologia".

As professoras doutoras Eliane Roseli Winkelmann e Maria Cristina Pansera de Araújo realizaram a apresentação oral dos resultados de suas pesquisas realizadas na Unijuí, pelo Grupo Interdepartamental de Pesquisa Sobre Educação em Ciências (GIPEC) e Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação nas Ciências, assim como auxiliaram na coordenação da apresentação dos temas livres durante o evento. 

O evento contou com participantes de diferentes estados brasileiros, assim como de diversos países da Europa e África, que tiveram a oportunidade de apresentar suas pesquisas. 

Uma ação inovadora neste evento foi a oportunidade de apresentação de trabalhos científicos online por brasileiros e, dentre estes, estudantes e professores da Unijuí. Esta modalidade permitiu a participação a distância durante o evento para aqueles que não conseguiram estar presentes em Portugal. 

A professora Eliane salienta, ainda, sobre a importância do evento. "Uma oportunidade criada em 2010, quando foi realizado o projeto do Congresso Internacional em Saúde, executado na sua primeira edição, em 2011. Desde então, o evento vem ampliando o número de participantes, qualificando sua programação científica e apresentação de temas livres, bem como ampliando sua internacionalização. Isto está permitindo aos pesquisadores e professores da Unijuí e outras instituições do Brasil e agora da África e da Europa, a troca de experiências no ensino, extensão e na pesquisa", complementa.

Fonte: UNIJUI