A Unijuí juntamente com o curso de Direito do Campus Santa Rosa esteve envolvida na programação do III Seminário Regional de Prevenção à Violência durante a segunda-feira (05), no Centro Cívico em Santa Rosa. O evento foi promovido pela 17ª Coordenadoria Regional de Educação por meio das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipave).

O seminário teve como objetivo priorizar o saber e o agir escolar na mediação de conflitos, com o intuito de oportunizar conhecimento especializado, diálogo e metodologias de prevenção à violência no âmbito escolar. A temática dessa edição debateu a “Justiça restaurativa e a promoção da paz nas escolas”.

De acordo com o Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Ariosto Sparemberger, a realização do seminário é positiva, pois abre espaço para a discussão do tema. “A escola atualmente se transformou em um local que gera muita preocupação em relação à violência. Hoje a violência ocorre de várias formas, tais como agressões verbais e físicas, o próprio bullying, entre outas. É necessário respeitar o papel da escola que é de ensinar, sendo um espaço onde haja muito respeito, boa convivência e harmonia”, ressalta o Pró-Reitor.

A coordenadora do curso de Direito professora Francieli Formentini, esteve representando a Unijuí no evento e destacou ao público participante as ações que o curso desenvolve. “O Curso de graduação em Direito da Unijuí realiza diversas ações no ensino, na pesquisa e na extensão voltadas a promoção da cultura do diálogo e o uso de meios consensuais de composição de conflitos. Nesse sentido, cabe destacar o trabalho realizado pelo Projeto de Extensão "Conflitos Sociais e Direitos Humanos: alternativas de tratamento e resolução", com a realização de mediação e conciliação pré-processuais realizadas no Escritório Modelo. Assim como, o trabalho desenvolvido na Escola Estadual Timbaúva de Santa Rosa desde o ano de 2017, que tem como um dos seus objetivos demonstrar aos jovens que são capazes de realizar a gestão dos conflitos a partir do diálogo”, salientou Francieli.

A programação também contemplou pela parte da manhã uma palestra envolvendo a temática do evento com o Promotor de Justiça, Elcio Resmini Meneses, que atua na Promotoria de Justiça da Infância e Juventude e Defesa Comunitária de Bento Gonçalves. Na parte da tarde os participantes ouviram relatos desenvolvidos por diversas entidades sob a temática: “Justiça restaurativa e a promoção da paz nas escolas”.

Fonte: UNIJUI