Foi aberta no início da manhã a programação da 8ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O prefeito Valdir Heck participou do ato que reuniu autoridades, conselheiros, profissionais, estudantes e comunidade em geral.  O prefeito Valdir Heck destacou a importância de cuidar da criança desde a sua concepção e lembrou que Ijuí já tem uma caminhada nesse sentido, com o trabalho desenvolvido por meio do Programa Mãe Gestante, que procura acompanhar a mulher grávida e, também, trabalha com sua família desde o início da gestação. “Nós temos no Estado um programa conhecido, o Primeira Infância, mas Ijuí já tinha e manteve sua própria proposta de trabalho”, pontua.

 

 

 

 

Destacou a transversalidade como mote principal da ação. “Desenvolvido pela Secretaria da Saúde, o Programa Mãe Gestante perpassa também por outras secretarias, tendo em vista a amplitude e os reflexos que essa proposta de trabalho ganha ao lidarmos com a vida humana”, afirma. “É um trabalho que vai ao encontro do interesse das futuras mamães. Nossa equipe tem que agira e acompanhar desde o registro da gravidez na rede pública de saúde”, reitera.

A Conferência é realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e segue durante todo o dia com palestras, debates, elaboração de propostas e eleição de delegados.

De acordo com o presidente do Comdica, Vanderlei de Ávila, pela importância desse momento. “É para construir políticas públicas que venham em benefício de nossas crianças e adolescentes que estamos aqui, para discutir o dia inteiro e tirar propostas nesse sentido”, pontua.

A representante da Unijuí, professora Marisa Nunes Frizzo, destaca a importância do momento e que este se constitui numa oportunidade ímpar, tendo em vista ser a Instituição Unijuí um espaço social de discussão e construção. “Esse evento é para a Unijuí um compromisso social que ela tem desde o início da sua história, com a comunidade, com as bases, com Ijuí e região”, afirma.

Fonte: UNIJUI