Docentes e discentes do curso superior de Tecnologia em Produção de Grãos do IFFar – Campus Panambi estão conduzindo um projeto de pesquisa que objetiva identificar e caracterizar as modificações na porosidade e densidade do solo em decorrência do uso do pulverizador autopropelido no cultivo da soja. Além disso, o estudo visa verificar a existência de modificações nos níveis de produtividade e rendimento de grãos nas plantas de soja na área avaliada e definir valores de perdas reais, comparando a amostragem com uso do pulverizador terrestre versus aplicação aérea.

As propriedades físicas do solo serão avaliadas mediante amostragem do solo com auxílio de anéis volumétricos, em profundidades de 0-5cm e 5-10cm, em no mínimo quatro vezes ao longo do cultivo. Serão analisadas amostras próximo do rastro de deslocamento e distante do rastro de deslocamento. O rendimento das plantas será estimado a partir da colheita de um metro quadrado de área, nas duas situações. Os dados serão submetidos a análise de variância e testes complementares.

O projeto é conduzido pelos professores do IFFar, Alberto Pahim Galli, Rudimar Luis Petter e Fernando Viero, com auxílio dos alunos Adriano Hermel, Samuel de Oliveira Casali, Jean Gustavo Pitthan e Leandro Pontes de Chagas.

O experimento está sendo realizado em uma lavoura de soja localizada na Linha Encarnação, interior do município de Panambi-RS, em uma parceria entre IFFar – Campus Panambi, Universidade de Passo Fundo (UPF) e Grupo Strobel - Granja Guarita Agrosul.