Rádio Mundial

Notícia

Fecomércio e entidades representativas entregam pedido de urgência nos trabalhos de batimetria de acesso à região Sul do RS
FECOMERCIO RS

Entidades empresariais gaúchas protocolaram nesta quarta-feira, 10 de julho, uma carta destinada ao governador do estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, solicitando que os trabalhos de batimetria, para análise de rios e lagoas, priorizem o acesso a Pelotas e o percurso que liga Porto Alegre a Rio Grande. O pedido é assinado pela Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS), Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), Federação da Agricultura do Estado do RS (Farsul), Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs) e Associação Hidrovias do RS (HidroviasRS).

O documento inclui ainda os trechos próximos à foz dos rios Jacuí, Taquari, Caí, Sinos e Gravataí, cujas às margens estão instaladas empresas usuárias do modal aquaviário. As entidades defendem que a navegação é fundamental para o desenvolvimento econômico e social do Estado por transportar passageiros e cargas para mercados nacionais e internacionais. O Rio Grande do Sul conta com 700 km de rios navegáveis e os trechos indicados como prioritários pelas entidades para dragagem emergencial somam 350 km.

“Os canais foram duramente atingidos pelas enchentes, impedindo, em grande parte, a navegabilidade. O momento resultou na paralisação parcial das embarcações e no desabastecimento das empresas instaladas com terminais portuários nas margens dos rios. Solicitamos que os trabalhos sejam iniciados com a maior urgência possível e com o mínimo de burocracia, priorizando os trechos onde transitam maior volume de passageiros e cargas”, afirma o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

FONTE- ASCOMJ FECOMERCIO RS