Rádio Mundial

Notícia

Câmara de Vereadores de Santo Ângelo apoia curso de Medicina no IESA

O Legislativo de Santo Ângelo também manifestou apoio, na tarde desta quarta-feira (21), à implantação do curso de Medicina no IESA. A indicação favorável, que levará à elaboração de uma moção na sessão da próxima semana, partiu de onze vereadores da Casa, que participaram de uma reunião com o diretor da instituição, Júlio César Lindemann.

“Nós estamos prontos para apoiar essa iniciativa”, garantiu o presidente da Câmara, Jacques Barbosa. “Eu acompanho o trabalho do IESA e sei que a instituição tem condições de implantar qualquer curso, inclusive o de Medicina”, completou.

Responsável por agendar a reunião, o vereador Osvaldir Ribeiro falou da vontade da Câmara em participar do processo. “Não se trata apenas de uma graduação. Há toda uma estrutura que se forma por trás do curso, como a garantia de mais aporte de recursos à cidade e, principalmente, mais médicos para atender à população”, afirmou.

Na reunião, Lindemann explicou o processo que o IESA e o município de Santo Ângelo precisam passar para obter a autorização de implantação do curso. O diretor também ressaltou a importância das parcerias, que serão fundamentais neste sentido. “A implantação se tornou viável. Temos o Hospital de Santo Ângelo, bem estruturado, e um município apto a se credenciar. Uma das exigências é que o curso atenda a uma população com no mínimo 400 mil habitantes, e isso também temos. Se somarmos, as regiões das Missões e da Fronteira Oeste concentram quase um milhão de pessoas”, explica o diretor.

Lindemann afirmou que o IESA necessita, neste momento, do apoio dos vereadores para a busca de forças junto à Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado. “Santo Ângelo precisa ser credenciado no edital, para que possamos buscar esse curso”, afirmou.

Um termo de apoio foi assinado, ao final da reunião, pelos vereadores Jacques Barbosa (PDT), Pedro Perkoski Waszkiewicz (PDT), Vinícius Damião Makvitz (PMDB), André Fenner Marques (PDT), Gilberto Corazza (PT), Everaldo de Oliveira (PDT), Neila Zilá Andres (PP), Lauri Juliani (PDT), Paulo Azeredo (PMDB), Pedro Pasturiza (PT) e Osvaldir Ribeiro de Souza (PMDB).

Fonte: Assessoria de Comunicação IESA

Data da publicação: 2013-08-23