Rádio Mundial

Notícia

Hematomas: quando se preocupar com as manchas roxas no corpo?
hematoma

Na grande maioria das vezes, os hematomas, manchas roxas que aparecem na pele após pancadas ou exames de sangue, por exemplo, não representam nenhum risco à saúde. “Os hematomas ocorrem quando o sangue deixa o interior dos vasos devido a algum tipo de trauma, acumulando-se em outras partes do corpo, como sob a pele. No geral, são pequenos, restritos ao local do trauma e deixam de crescer sozinhos”, explica a cirurgiã vascular Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

“O sangue extravasado não volta a circular, desaparecendo após alguns dias conforme é absorvido pelas células de defesa do organismo. Esta reabsorção envolve uma série de reações químicas que modificam a cor do sangue e de seus metabólitos, motivo pelo qual os hematomas clareiam com o tempo”.

Segundo ela, existem pessoas com maior tendência à formação dos hematomas, o que pode estar associado com condições como varizes. “Pacientes com predisposição a varizes e vasinhos sofrem com o que chamamos de fragilidade capilar. Nesses casos, qualquer esforço mais intenso ou contato bruto que exerça pressão sobre os vasos, como durante a realização dos exercícios com o maquinário da musculação, pode causar o rompimento desses vasos com consequente extravasamento do sangue, levando ao surgimento das ‘manchas roxas’, principalmente quando a paciente está no período menstrual ou inchada”, afirma.

O lipedema é outra condição que, comumente, desencadeia a fragilidade capilar, favorecendo o surgimento das manchas roxas no corpo. “O lipedema é uma doença caracterizada pelo acúmulo de tecido gorduroso com aumento desproporcional no tamanho dos membros. A doença afeta principalmente áreas como coxas, culotes, quadris e pernas, mas, eventualmente, pode atingir também os braços, porém, com menos frequência”, diz.

Pressão alta descontrolada, uso de anticoncepcionais e medicamentos que alterem a coagulação também são fatores que podem colaborar para o aumento da fragilidade da parede do vaso. “Por isso, caso você tenha notado que as marcas roxas estão surgindo com maior facilidade, é importante buscar um médico para verificar se há algum problema por trás”, orienta.

Se os hematomas começarem a aparecer de maneira espontânea e em vários locais do corpo, é necessário acender um sinal de alerta. Além disso, quando acompanhadas por sangramentos em outras áreas, como gengiva e nariz, e febre, fraqueza ou perda de peso, as manchas roxas podem sugerir a presença de uma situação mais grave. Entre as possíveis estão:

* Distúrbios de coagulação sanguínea;

* Leucemia aguda, um tipo de câncer que leva à produção anormal de células sanguíneas;

* Doenças autoimunes;

* Aplasia de medula (quando há uma produção menor de células no sangue);

* Infecções, como dengue e febre amarela.

“Algumas dessas doenças, como as leucemias agudas, são muito graves e devem ser diagnosticadas o quanto antes, para início imediato do tratamento. Então, ao perceber o surgimento aleatório de hematomas, o recomendado é que você consulte um profissional assim que possível. Apenas ele poderá realizar uma avaliação e diagnosticar o problema corretamente”, conclui.

Por Redação O Sul