Rádio Mundial

Notícia

Saiba como se destacar no mercado profissional com pouca ou sem nenhuma experiência
emprego-1

Em meio à alta concorrência no mundo do trabalho, a experiência adquirida em uma ou mais áreas costuma ser bastante solicitada pelos recrutadores. Então, aquele candidato que já atuou em um ramo pode ter vantagem. Porém, o fato de não ter experiência profissional não impede o ingresso no mercado sem nunca ter atuado de fato. Mas, afinal, qual o verdadeiro segredo para conquistar a tão sonhada vaga sem nunca ter exercido a profissão?

De acordo com a professora do curso de Administração do Centro Universitário Cesuca, Juliana Saboia, o primeiro passo para ingressar no mercado de trabalho sem experiência é focar em adquirir habilidades relevantes para a área em que deseja atuar.

“Para começar, certamente passa-se pela educação, seja ela formal (graduação) ou informal (cursos rápidos). Se a pessoa já estiver estudando, utilizar a rede de contatos também é uma forma eficaz, já que muitos professores e colegas podem indicar o candidato para empresas da região, ou até chamar para trabalhar em conjunto. Por esse motivo, ter o comportamento certo junto ao grupo fará com que os demais sempre lembrem para uma indicação de trabalho”, orienta.

Apesar de importante, o networking está longe de ser a única opção para aqueles que nunca trabalharam e buscam o primeiro emprego. Juliana afirma que, embora pareça desafiador, existem outras maneiras de convencer uma empresa a firmar um contrato de trabalho mesmo quando não se há experiência prévia.

No momento da entrevista de uma pessoa que não possui experiência, Juliana afirma que os recrutadores costumam avaliar o conhecimento que o candidato teve em grupo de colégio (grêmio estudantil, olimpíadas de conhecimento, etc.) e universitários (empresa júnior, grupo de debates, participação em congressos e semanas científicas, entre outros), além de participação em grupos sociais como escoteiros, voluntariados. Isso porque tudo o que se faz gera conhecimento e a sabedoria em mostrar isso numa entrevista é o pulo do gato.

“Tente levar para a entrevista o conhecimento prévio que adquiriu em outras áreas, ou seja, aquilo que chamamos de habilidades transferíveis, adquiridas através de projetos pessoais, grupos do qual participou e experiências que viveu ao longo da vida, pois nem todas as habilidades são vinculadas ao trabalho. Muito do que temos foi desenvolvido com práticas pessoais. Por exemplo, se você participa e ou participou de um time de futebol, grupo do vôlei, de teatro, entre outros, você certamente tem habilidade de trabalhar em grupo, de comunicação, organização, resolução de problemas e talvez de liderança”, afirma.

“Também mostre que você está disposto a aprender e crescer na instituição. Mencione sua disposição para participar de programas de treinamento, cursos internos ou qualquer oportunidade de desenvolvimento profissional que a empresa ofereça. Durante entrevistas e em sua comunicação com o recrutador, mostre entusiasmo e paixão pela área em que deseja trabalhar. Explique por que você está interessado naquela função e compartilhe suas ambições de crescimento profissional”, indica a especialista.

A importância do estágio para quem cursa ensino superior

O estágio pode ser extremamente benéfico para quem cursa ensino superior e está buscando ingressar no mercado de trabalho. O intuito é proporcionar a oportunidade de aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos durante o curso em um ambiente de trabalho real. Assim, é possível conquistar uma experiência relevante, conhecimento do setor, contatos profissionais, o que pode aumentar as chances de sucesso ao ingressar no mercado de trabalho após a conclusão do ensino superior.

“Isso permite que a pessoa desenvolva habilidades específicas da área e entenda como as teorias se traduzem em práticas profissionais. Como outros benefícios, o estágio amplia rede de contatos profissional, trazendo contatos valiosos. Também agrega em desenvolvimento de novas habilidades, traz a oportunidade de criar portfólio e a possibilidade de ser contratado de forma efetiva”, assinala Saboia.

Não curso ensino superior. Como posso me destacar?

Para aqueles que não cursam ensino superior, existem estratégias que podem auxiliar para ingressar no mercado. “A educação através de cursos de curta e média duração, em algumas áreas, como a de tecnologia, o conhecimento prático é mais valorizado que o teórico, por isso, pesquise as certificações profissionais relevantes, elas podem ajudar a comprovar suas habilidades e conhecimentos em um campo específico, tornando-o mais competitivo. Assim como para estudantes universitários, a busca por programas de estágio e aprendizagem pode ser uma ótima maneira de obter experiência prática e conhecimento na área de interesse.”

Onde conseguir uma boa formação?

O Centro Universitário Cesuca, instituição pertencente ao grupo Cruzeiro do Sul Educacional, possui diversas opções de cursos de graduação, para quem deseja se destacar no mercado profissional. Os interessados podem se inscrever até este sábado (24). A Prova Mérito acontecerá na terça (27), às 19h.

A instituição disponibiliza 5 formas de ingresso para ajudar os interessados a entrarem no ensino superior. A prova mérito, que acontece de forma digital. O ingresso via Enem, em que são considerados os resultados do ano de 2010 em diante. A prova on-line, que fica disponível 24h por dia e o candidato pode escolher o melhor horário para a realização do exame. A prova agendada, que tem resultado imediato, e o ENCCEJA, o qual o resultado é disponibilizado após o ato de entrega da nota.

Além disso, a bolsa de 100% também pode ser conquistada pelos vestibulandos por meio da Prova Mérito e ingresso via ENEM, variando de acordo com a pontuação conquistada pelo candidato. Já a prova online e o ingresso pelo ENCCEJA oferecem bolsa mérito de até 50%.

Fonte: O Sul