Rádio Mundial

Notícia

Setor avícola gaúcha deverá sofrer novo corte nos abates
pinto

Depois de sofrer uma queda de 14,55% no abate inspecionado de frangos no primeiro trimestre de 2024, em comparação com o mesmo período de 2023, o setor avícola gaúcho deverá registrar nova queda na atividade, no encerramento do segundo trimestre. A previsão é do presidente-executivo da Associação Gaúcha de Avicultura, José Eduardo dos Santos, ao avaliar dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre janeiro e março, na avaliação de Santos, a retração das empresas ocorreu em razão da situação econômica do país, da possibilidade corte de incentivos fiscais sugerido pelo governador Eduardo Leite e do custo de produção mais alto no Rio Grande do Sul em relação a Santa Catarina e Paraná, Estados que também se destacam no segmento. Agora, a provável baixa na atividade relaciona-se a estragos provocados pelas chuvas e enchentes em propriedades produtoras, frigoríficos e indústrias.

fonte – correio do povo