Rádio Mundial

Notícia

Unijuí é contemplada com dois projetos no Programa Empreender para Transformar da Sicredi das Culturas RS/MG
IMG_0181

Dois projetos inscritos pela Unijuí foram contemplados no Programa Empreender para Transformar (PET), promovido pela Sicredi das Culturas RS/MG. A iniciativa tem o intuito de fomentar as ações locais desenvolvidas por meio de projetos sustentáveis, culturais, educacionais e esportivos, realizados por entidades sem fins lucrativos.

Na tarde desta terça-feira, 11 de julho, os certificados, atestando a seleção dos projetos Unir e Trilhas do Campus, foram entregues à Unijuí pelos representantes da Agência Corporate: Antonio Carlos Cechinatto, coordenador de Núcleo; Éverton Luiz Dil, gerente; e Sandra Rejane Kunz, gerente de Negócios Pessoa Jurídica.

Participaram da reunião a reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring; a professora do curso de Ciências Biológicas, Juliana Fachinetto; o supervisor administrativo do Centro Especializado em Reabilitação Física, Intelectual e Visual – CER III/Unir, Marcio Bönmann; e a assessora de Extensão e Cultura, Sirlei Noemi Schneider.

O projeto Unir, contemplado com R$ 5.223,00 no pilar Educação, busca trabalhar a psicomotricidade no tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TeA) junto ao CER III/Unir da Unijuí. Conforme explicou o supervisor administrativo, Marcio Bönmann, é por meio da psicomotricidade que a criança ou o adolescente com autismo passa por vivências e desenvolve sua autonomia, identidade, linguagem e socialização. Portanto, o processo de aprendizagem está inteiramente relacionado ao movimento, através de atividades.

“Esse recurso será muito importante e vai contribuir com o laboratório de psicomotricidade, que ganhará novos equipamentos”, completou Marcio. O projeto beneficiará crianças e adolescentes, dos 0 aos 15 anos.

O segundo projeto, intitulado Trilhas do Campus: um espaço de educação socioambiental, foi contemplado com R$ 5.178,50 no pilar Sustentabilidade. Por meio dele, serão revitalizadas as trilhas que fazem parte do campus da Universidade, permitindo o desenvolvimento de ações ambientais.

“Tanto o Jardim Temático, cadastrado no catálogo de turismo do município, quanto a Trilha Vó Preta são espaços visitados pela comunidade, seja durante a semana, via agendamento pelas escolas, como aos finais de semana, já que nosso campus é um local de lazer às famílias. Portanto, a revitalização destes espaços é fundamental. O contato com a natureza nos faz entender a necessidade de preservar, sem falar que esse contato impacta diretamente na qualidade de vida”, comentou a professora Juliana Fachinetto, que coordena o projeto selecionado.

Conforme destacou a reitora, professora Cátia Maria Nehring, a Universidade tem buscado não criar tantos projetos novos, mas, sim, dar sequência aos que já estão em atividade, abrangendo novos públicos, aumentando o engajamento e, assim, tendo ainda mais resultados. “E estes dois projetos aprovados são muito importantes: tanto o da CER III/Unir, que atende toda a região a partir da reabilitação física, intelectual e visual, quanto o projeto Trilhas, voltado à educação ambiental da nossa população”, reforçou a reitora.

 

Fonte: Comunica Unijui